Conecte-se

Polícia Militar aborda Deputado, que não gostou nem um pouco

Deputado Estadual Alencar Santana Braga

NOTÍCIAS

Polícia Militar aborda Deputado, que não gostou nem um pouco

Na noite da última quinta-feira (29), o Deputado Estadual Alencar Santana Braga, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) foi abordado pela Polícia Militar no centro de São Paulo.

Policiais Militares que faziam patrulhamento na região da Bela Vista, acharam suspeito um veículo que estava parado e resolveram averiguar. O veículo, com placa preta da Alesp, era usado pelo Deputado Estadual naquela noite enquanto ele jantava em uma pizzaria com o seu assessor.

O Deputado, em um vídeo que circula nas redes sociais, indaga o Capitão e o Sargento da Polícia Militar. Alencar, pergunta por que foi abordado e se havia alguma situação irregular. O Tenente responde que não havia nada irregular no veículo e que a abordagem é padrão e pode ocorrer com qualquer cidadão de bem.

O Sargento ainda explica que o veículo da Assembleia poderia ter sido roubado e abandonado na rua, Alencar, não satisfeito com a explicação, pergunta “Uma placa preta da Assembleia é suspeita”? O Sargento responde “Senhor, parada aqui, nesse horário, nesse local, eu que trabalho aqui… é suspeito”.

No vídeo, Alencar Santana pergunta o que o Capitão fazia ali e sugere que foi mandado por um superior, já em sua página no Facebook, o Deputado diz que foi ele quem solicitou a presença do superior naquele momento.

OUTRO LADO
O Deputado Alencar Braga, em sua página no Facebook, diz que foi abordado com o seu assessor dentro da pizzaria, ao sair para a rua indagou a abordagem dos policiais e não permitiu que algumas viaturas se retirassem do local. Alencar, diz ainda “Por fim, esclareço ainda que na terça-feira anterior a esse episódio denunciei o homicídio de um jovem pela PM na favela do Moinho em SP e também a perseguição, na própria terça, de uma viatura da PM ao veículo oficial em que eu estava. E por coincidência, ou não, os policiais que me abordaram na noite de quinta fazem parte do mesmo comando.”

O vídeo conta com mais de 17.000 visualizações no Facebook

1 Comentário

1 Comentário

  1. Simone

    04/07/2017 em 10:07 AM

    Muita arrogância do deputado.
    E limitado, pois perguntou inúmeras vezes a mesma coisa para ouvir a mesma resposta.
    Tocava nos policiais a todo momento, queria ver se um dos policiais encostasse nele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em NOTÍCIAS

Advertisement

Estamos no Facebook

Subir